domingo, 29 de junho de 2008

Exemplo de amor a Sena









Acreditando em Sena

O empresário e amigo de infância João Nunes, o Duduca, dá demonstrações de que investe tudo que ganha na cidade onde vive.

É um exemplo de que acredita no Acre e, especialmente, na sua terra, Sena Madureira.

A Galeria Sena será inagurada no dia 9 de julho.

A matéria e os detalhes da obra clique aqui no oestadoacre.com

PS: nas fotos Sena Madureira ainda era grafada com doble N: Senna

[Nas fotos Duduca aparece com a filha e esposa]

sábado, 28 de junho de 2008

Melhores momentos

Vídeos da Convenção em Sena

Assista aqui e saiba o que disseram as lideranças políticas da Frente Popular que foram a Sena Madureira apoiar os candidatos Nilson e Jairo.

Assista [vídeos de no máximo 1 minuto].



video

Jorge Viana: 'A campanha começa agora'


video

Perpétua: 'A maior Convenção'


video

Léo: 'Maturidade do PT'


video

Tchê: 'Sena é o terceiro colégio eleitoral'


video

Jairo: O vice


video

Fernando Melo: Federal na campanha


video

Sibá Machado: 'Um dos melhores prefeitos'


video

César Messias: 'Petecão não contaminou Sena'


video

Senador Tião: 'Voto na dignidade e no respeito'


video

Nilson: Agradecimentos


video

Nilson: Confiante
Sena

Cliques da Convenção

Surpreendeu todo mundo a multidão que compareceu à sede da AABB, na noite de sexta, 27, para apoiar os candidatos Nilson Areal e Jairo Cassiano. veja as fotos.































sexta-feira, 27 de junho de 2008

Papo rapidão


Jorge Viana

Encontrei com o ex-governador Jorge Viana na noite passada, na casa do presidente da Assembléia Legislativa, Edvaldo Magalhães.

Jorge acabava de chegar de viagem.

E foi logo falando:


-Estou trabalhando muito na Helibrás. Fechamos um projeto para a fabricação de um super-helicóptero e consegui convencer o presidente Lula a apoiar a idéia.

Os helicópteros produzidos pela empresa brasileira, até hoje, foram esses convencionais, sem grande novidades tecnológicas.

Depois continuou:

-Fui contratado para fazer quatro reuniões por ano e virei quase um executivo da empresa participando de encontros quase toda semana. E olha que o salário é pouco. Baixo para quem vira executivo.

Sobre a saúde

Perguntei depois sobre a sua saúde:

-Tô bem. Só sinto um incômodo de vez em quando no ouvido [esquerdo] com barulho, mas resolvi um problema sério que tinha. Estou bem.

Na despedida, já na madrugada desta sexta:

-Fazia tempo que não nos vínhamos – lembrou Jorge.

Respondi:

-Estou comprando um helicóptero e aí ficará mais fácil nos encontrarmos [kkkk!!!].

Por que na casa do Edvaldo

Era a véspera do seu aniversário e a Perpétua fez uma surpresa de última hora para o marido, que está fazendo 43.

quinta-feira, 26 de junho de 2008

O anúncio


O prefeito Nilson Areal garantiu que o futebol da Sena Madureira estará representado no campeonato de 2009.

O blog testemunhou o anúncio. São dois vídeos [futebol e a ponte do Caeté].

Veja:



video


Sobre a conclusão da ponte do Caeté. Veja:


video



'O engenheiro-chefe'


Seu Zé Félix, 80, cumpriu, sem responsabilidade formal, um papel importante na construção da Ponte do Caeté.

Zé Félix, que já protagonizou histórias fantásticas na cidade, não passou um domingo sem visitar as obras que estavam em andamento.

Ele foi o fiscal da Ponte do Caeté.

E se orgulha disso.

A personagem


Quarta, 25

Durante inauguração da Ponte do Caeté, em Sena, quem roubou a cena foi o ex-deputado Raimundo Sales, que fez o discurso mais empolgante do evento.

O velho Raimundo mostrou que ainda está em forma.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Acabou!


Ufa!

Ainda bem que acabou 4 a 2 para a LDU, pois no Maracanã, na quarta-feira, 2\7, a Máquina vai atropelar.

Anota aí: vamos atropelar a LDU.

Mas hoje o primeiro tempo foi para apagar da memória tricolor.

Vou adiantar: vamos vencer a Libertadores.
Estou sem ação


Segundo tempo de FLU e Liga Universitária de Quito:

4 a 2 para eles.

Nada perdido ainda...

Nem estou olhando para a TV nesse segundo tempo.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Passou no teste

O primeiro dia foi sem maiores problemas na capital do Acre com o novo horário, agora com apenas -1h de diferença para Brasília.

O dia foi tranquilo e os atrasos foram normais em escolas e no trabalho.

O único problema foi o galo da vizinha que dormiu demais e só foi cantarolar uma hora depois.

Foi perdoado.

Costume velho


Já passam das 2h da madrugada e ainda estou acordado ouvindo a rádio América, de Quito, Equador.

E já estamos no novo horário, com apenas menos 1h em relação a Brasília.

A gente se acostuma. Não concorda, mas se acostuma.

Vou dormir.

Ah..., Quito, até ontem, tinha o mesmo horário do Acre. Agora estamos adiantado 1h.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Segunda inédita

Hoje será um dia sem meia-noite.

Quando for zero hora você deve adiantar os ponteiros do seu relógio para 1h e já estaremos na terça, 24. Ficaremos no mesmo horário de Porto Velho [RO], Manaus [AM], e mais um milhão de cidades do mundo.

Este 'lunes' enganará o relógio: terá apenas 23 horas.

Só um lembrete: Na Rússia, que é do tamanho do Brasil, maior até um pouco mais, existem 11 fusos-horários diferentes.

E não foi por isso que Lênin comandou o 'outrubro vermelho', em 1917.

domingo, 22 de junho de 2008

Aproveite...


Hoje, domingo, 22 de junho de 2008, é o último dia do antigo e diferente horário do Estado do Acre.

Um horário que nos fazia diferente e, por que não dizer, orgulhosos por assim sermos.

Agora não tem mais jeito.

O governo federal sancionou o projeto que muda o fuso horário do Acre com relação ao resto do país e, nós, que tratemos de nos adaptar.

Sei que rapidamente nos adaptaremos. Esse não é o problema.

O problema é a nossa particularidade. O nosso jeito de olhar o Brasil andando apressado e a gente tendo ainda duas horas para ver o que acontece. Esse detalhe era impagável.

Todo mundo faz, fazia, né?, 'Oh!!!' quando informávamos que 'aqui ainda são tantas horas, duas a menos que vocês aí em qualquer canto do país'. Isso acaba amanhã.

Esse nosso charme, enfim, chega ao fim.

Fui um dos primeiros a falar sobre essa mudança. Continuo sendo contrário à mudança. Os bancos, que cantavam melhoras no funcionamento, pasmem, vão abrir mais tarde [uma pressão local vai fazer eles manterem o mesmo horário da abertura pelo menos nesse começo de novo horário].

Hoje, o banco abre 9h. Com o novo fuso as portas só vão estar abertas às 10h. Que benefício é esse?

Os velhinhos que gostam de chegar cedo às agências, podem levar um banquinho e, tic-tac, tic-tac, esperem o badalo das 10h!!!.

'Benefício para as operações bancárias!', dizem os empresários. Quais? Não vejo nem meio benefício.

Benefício financeiro SERIA se os bancos, por conta da mudança, creditassem na conta-corrente de cada um de nós, R$ 1 milhão, R$ 100 mil, R$ 10 mil, R$ 1 mil, que fossem. Como o povo não receberá 'nenhumzinho' centavo por isso, nada de benefício financeiro haverá com a mudança do fuso horário. A não ser para o próprio sistema financeiro e as TVs.

Do meu lado não dei nenhuma conotação política à minha posição. A proposta de mudança do fuso acreano foi do senador Tião Viana, e eu, João Roberto Braña Bezerra, seria contra do mesmo jeito se fosse uma idéia do Jorge Viana, do Binho Marques, do Edvaldo Magalhães, do Calixto, do Petecão, do santo Padre Paolinho, ou até mesmo dos senhores meus pais Almir e dona Raimunda Braña.

O que posso dizer, por fim?

Adeus, antigo horário do Acre! Na nossa velhice nem nos lembraremos mais que um dia você existiu.

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Fidel e Caetano se pegam

Hoje o jornal O Globo publicou a matéria “Guantánamo: Fidel critica opinião de Caetano” (caderno Mundo, página 36), que continha o seguinte trecho:

HAVANA. O líder cubano Fidel Castro criticou declarações do músico brasileiro Caetano Veloso num livro cujo conteúdo foi divulgado ontem. Fidel interpretou como um pedido de perdão aos Estados Unidos comentários de Caetano sobre sua música “Baía de Guantánamo”, parte do repertório do novo disco do compositor.

Para Fidel, a declaração foi uma “prova da confusão e do engano semeados pelo imperialismo”. No texto intitulado “Fidel, Bolívia e algo mais”, o líder cubano critica o fato de Caetano ter se dito “100% mais” do lado dos Estados Unidos do que de Cuba em matéria de direitos humanos, em entrevista publicada pela “Folha de S. Paulo” em 26 de maio.

“Se eu fosse um tipo de pessoa de esquerda, pró-Cuba, anti-Estados Unidos, não sentiria decepção alguma pelo que ocorreu nas prisões de Guantánamo”, segundo reproduz Fidel em seu prefácio a partir das declarações publicadas no jornal brasileiro.

“Em duas palavras: o músico brasileiro pediu perdão ao império por criticar as atrocidades cometidas naquela base naval em território ocupado de Cuba”, disse Fidel, de 81 anos, que passou a se dedicar a escrever depois de ter se afastado do governo.

Caetano declara:

“Não pedi perdão a ninguém. Procuro pensar por conta própria. Minha irreverência diante dos poderes estabelecidos é impenitente. Dois dias depois de dar a entrevista citada por Fidel, eu disse à televisão austríaca que a tendência sociológica de considerar o racismo no Brasil pior do que o apartheid na África do Sul é uma manobra da CIA. Sou um artista. Minhas palavras são: criação e liberdade. Se não me submeto ao poderio norte-americano, tampouco aceito ordens de ditadores. Fidel nos deve explicações a respeito de sua identificação com os estados policiais que o comunismo gerou. Hoje toda a esquerda silencia sobre a Coréia do Norte, como silenciava sobre a União Soviética na minha juventude. A canção “Base de Guantánamo” não seria composta se eu não tivesse a evidência de que nos Estados Unidos há respeito aos direitos dos cidadãos como não se vê em Cuba. A decisão da Suprema Corte americana, reconhecendo o direito a habeas corpus aos prisioneiros de Guantánamo é expressão disso. Tampouco seria possível a canção sem o valor simbólico que a revolução cubana tem em nossas mentes. Lembro de ter sentido, quando excursionava com Fina Estampa, que a tragédia de Cuba (com liberdades cerceadas na ilha e uma população inimiga do regime atuando em Miami) era mais vital do que a segurança dessangrada de Porto Rico. Tenho idéias e reações emocionais complexas. Não aceito pacotes fechados. O texto de Fidel é autocongratulatório, prolixo e injusto. Sobretudo com Yoani Sánchez, a cubana que mantém o blog “Generación Y” (http://www.desdecuba.com/generaciony/). Ela e seu marido Ricardo Escobar deram a resposta que eu gostaria de dar a Fidel. Ainda volto ao assunto

Opinião do blogueiro: Caetano parece não ter compromisso com nada. Declara-se sem lado [compromisso somente com a ‘criação e liberdade’]. Quando entra na seara da política não faz as melhores coisas. E, por fim, sempre pareceu mesmo que gosta de fazer uma média com os EUA.

Já Fidel, está sempre na trincheira.

Em tempo: Luana Piovani, atriz, declarou dia desses: ‘Caetano é um banana de pijama’.


Post scriptum: Já mostrei aqui o blog 'Generación Y,' que o músico brasileiro se refere.

Começou.....!



A campanha começou para valer. Esta semana os bastidores foram as estrelas de uma campanha que promete ser muito acirrada.

Aqui em Rio Branco e nos principais municípios.

Do pescoço para baixo será tudo canela...

quinta-feira, 19 de junho de 2008


Dunga x Argentina


Só podia ser zero a zero.

Dunga, como pessoa é irrepreensível, mas como técnico sua filosofia de futebol é retrógrada, defensivista ao exagero.

Além disso, os atletas que hoje estão na seleção são de nível médio para baixo. Os dois laterais são os piores que já vi nos últimos anos na equipe amarela.

O meio-de-campo do time de Dunga foi pobre contra o legítimo Paraguai e do mesmo jeito no jogo da noite passada contra a Argentina.

O pior é que as opções para a vaga de Dunga não animam ninguém.

É isso... Agora é esperar a Máquina do FLU entrar em campo no dia 25, contra a LDU, e começar a epopéia da Libertadores.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Cinema argentino

Acabei de ver Bar Chino, uma produção maravilhosa feita em 2003.

Vi na TV futura que, nesses últimos dias tem exibido somente filmes de los hermanos.

Outro dia vi 'El silencio puede'. Outra obra prima.

Vale à pena dar uma olhada no canal Futura, 34, da Sky.

Em tempo: no domingo, 15, fui ver 'Indiana Jones' com minha filha Isabele no único cinema que existe na capital. Na saída, os cinéfilos são desprestigiados, pois o corredor que dá acesso à rua recebe todos os pingos d'água possíveis dos ar-condicionados do hotel que fica ao lado. Para a empresa não pega bem e não custa muito melhorar o corredor de saída. Fica a sugestão.
Email para Sérgio Souto

Fiquei muito contente com os clips que você mostrou no seu blog do meu amigo querido Sérgio Souto, gostaria muito de manter contato com meu amigo, já que tenho tentado em toda internet, mas não consigo cds do Sergio, se for possvel, passar meu contato para ele. Sou Júlio Nicacio, natural de Xapuri-AC, moro atualmente em Natal-RN, e meu email é: julionicacio@bol.com.br, e meu telefone: 084-3643-4840

Julio Nicácio



segunda-feira, 16 de junho de 2008

Sérgio Souto - vídeos

Em show sólo, Sérgio Souto comandou a sexta-feira 13, em Sena Madureira, na reinauguração do Centro Cultural que foi batizado com o seu nome.

Três músicas e uma breve conversa.


Do novo CD


video


Prenda minha



video


Falsa alegria



video


Sérgio Souto fala



video
Teatro Ceci

O prefeito de Sena, Nilson Areal, anuncia a reconstrução do Teatro Ceci, o primeiro da história do Acre.

O anúncio aconteceu na sexta, 13.

Veja os três vídeos.




video


Agradecimento à bancada federal


video


Espaço digno


video

domingo, 15 de junho de 2008


Sena Madureira - Sexta 13- dia de sorte

Prefeito Nilson Areal

Deputada federal Perpétua Almeida

Jovem poetisa

Jovem poetisa

Descerramento da placa

Cumprimentos

Sérgio Souto - cantor

Sérgio Souto e o prefeito Nilson

Choquita, Sérgio, Jairo e Nilson






Sena Sexta 13


Noite de felicidade para a cidade e os seus amantes da cultura.


O poder público municipal entrega o Novo Centro Cultural, todo revitalizado, e quem faz a reestréia do espaço de cultural é ninguém menos que o artista Sérgio Souto.


Não por acaso, filho da terrinha.


Aí em cima algumas fotos do evento em Sena. Os vídeos virão depois, pois a internet tá um pouco lenta com o vivo zap [não estou usando banda larga agora].

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Ainda bem...


O acidente com o caminhão de gás do Duduca, empresário de Sena, e amigo de infância, acabou sem maiores problemas.

O infortúnio aconteceu ontem, quinta-feria, dia dos Namorados, 12.

Zezinho, seu irmão, e que dirigia o caminhão, saiu ileso.

Graças!!!

quarta-feira, 11 de junho de 2008


A foto


Jorge Viana - ex-governador - e o prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal, em encontro no escritório do primeiro, no centro da cidade, na sexta, 6.


A conversa girou em torno das eleições no município e das definições com relação à aliança no Iaco.


Jorge Viana virou conselheiro importante nos últimos tempos na política local.


E o prefeito Nilson sabe muito bem disso.


[foto do Daniel para o blog]

Nunca é tarde...


Com 83 anos Padre Paolino Baldassari, de Sena Madureira, nunca tinha usado um celular próprio, seu mesmo.


Dia desses, num evento, os seus amigos da cidade o presentearam com um aparelho, mas o fizeram de surpresa: puseram o telefone num dos bolsos da sua antiquíssima batina...


Daí Paolino foi a uma reunião e o mostrengo começou a tocar, a cantar... Programaram a chamada com um canto de pássaro. Todo mundo olhava para todo mundo e nada...Até que descobriram que o celular a se desesperar feito um louco estava nas vestes do padre mais amado e autêntico do Acre.


Foi uma festa de risadas.


No dia 31 de maio, última noite de arraial em Sena, conversei com Paolino [sempre faço quando vou a Sena. Quem acessou este blog dias atrás viu uns vídeos que fiz com ele] e o fotografei de celular em punho.


-É bom mesmo. Todo mundo me acha agora mais fácil e acho as pessoas também - me disse.


Claro. Não vou dar aqui o número do Padre Paolino. Vão a Sena, assistam pelo menos uma missa no domingo e depois peçam o número a ele. Quem sabe...


terça-feira, 10 de junho de 2008


Melhorou



O trânsito melhorou ali na rua Waldomiro Lopes, na Conquista e redondezas.

A prefeitura deu uma civilizada transformando as duas vias de acesso à região em mão única. E fazendo as tão importantantes calçadas de pedestres.

Atenção, prefeito: centenas de ruas de Rio Branco têm que ser mão-única também. Talvez assim o trânsito melhore um pouco e a nossa capital deixe de ser uma cidade cheia de pessoas com deficiência física.

É. Rio Branco tem muito gente com problemas físicos devido a acidentes no trânsito.

O péssimo trânsito por aqui virou caso de saúde pública.

sábado, 7 de junho de 2008


Duas situações



A notícia da semana dá conta da prisão de ex-funcionários do ex-banco do Estado, Banacre, acusados de fraude com recursos da instituição.


Reproduzo aqui os adjetivos dos jornais locais sobre o assunto: ‘peixes miúdos.’


Enquanto isso...o Sindicato dos Bancários caminha para perder a sua sede numa ação movida por um ex-presidente do banco.


E ninguém faz absolutamente nada.


Eu quero só ver os bancários tendo que entregar o seu patrimônio, no centro da cidade, na rua Rio Grande do Sul, e todo o Acre olhando a cena.


Alguém já avisou ao governador Binho Marques?

sexta-feira, 6 de junho de 2008



Fim das lendas


FLU e Boca fizeram um jogo daqueles para você guardar e rever de vez em quando.


Foi o melhor jogo de futebol dos últimos 10 anos no Brasil.


O melhor havia sido FLU e São Paulo, a partida de volta, quando a Máquina enfiou 3 a 1 na ‘lenda’ brasileira da Libertadores.


A segunda ‘lenda’ era o ‘temido’ Boca, o time que tem humilhado os brasileiros desde que Pelé se aposentou. Foram precisos mais de 40 anos para uma equipe do Brasil desbancar os xeneizes num campo de bola. O Fluminense conseguiu.


Acabaram-se as lendas no futebol da América. O Fluminense colaborou para enterrar de vez esses mitos de invencibilidade, time copeiro, etc...


Vi e ouvi o jogo por três veículos diferentes: pela TV, pelo rádio e pela internet.


No rádio ainda deu para ouvir a Globo e a Mitre, a principal emissora AM Argentina, que não se conformava com a derrota. Direito dos derrotados é chorar e reclamar.


Futebol tem dessas coisas. Ainda estou afônico, igual como fiquei no jogo contra o São Paulo.


Mas valeu: o futebol tem esse poder de mexer com as pessoas. O FLU mexe comigo.


Nem o azarento ‘Sobrenatural de Almeida’, de Nelson Rodrigues, [que eu lia muito na década de 70 e 80] conseguiu impedir a presença na final do melhor time do Brasil.


FLU e Boca foi um ‘jogo para sempre’. Excelência em futebol que não se vê normalmente nos gramados do Brasil.


Os adversários morrem de inveja...


[clique na imagem de cima para ampliar]

quarta-feira, 4 de junho de 2008


Fim das lendas!!!


Flu manda para casa o bicho-papão da Libertadores. Foi a última 'lenda...'

Ainda tô me recuperando do jogo.

Até daqui a pouco....

A Máquina na final. Vou jantar, tomar uma água...

Na porta do Maraca...


Indo para casa...


Agora não tem mais jeito. Vai começar o FLUxBoca e salve-se quem puder.


Gosto de ver jogo do Fluminense sozinho. Sem palpiteiros por perto.


Vou assistir pelo 38 [tv fechada], já que a TV aberta na capital do Acre não vai passar direto. E ninguém faz nada para resolver esse desrespeito.


Só o futebol deixa a gente meio maluco.


Inexplicável.

Concentração...


A partir das 17 horas entro em alerta máximo. Às 19h50min a Máquina vai atropelar o Boca para chegar à final da Copa Libertadores da América.

Hoje o Brasil é tricolor...É Fluminense!

Até boa parte da urubuzada vai torcer pelo pó-de-arroz.

segunda-feira, 2 de junho de 2008


O aviãozinho


Um pouco da festa em Sena, no 40º arraial da Igreja Católica, comandada por Padre Paolino.

A avião foi uma invenção de Wilde Viana e teve em Chico Bezerra [Chico Sol], meu tio, seu principal mecânico, desde que aterrissou em Sena, no final da década de 60.

O avião levanta vôo, aterrissa, e pára num número. Quem tiver sorte...

video
Pe. Paolino: Ano para esquecer

No último vídeo gravado com o padre mais importante do Acre, ele fala de um ano trágico e que não merece ser lembrado. O arraial que ficou manchado com sangue numa disputa entre a PM e homens do 5ºBEC. Resultado: um militar morto na porta da igreja.

video

Pe. Paolino: Catedral


Pe Paolino fala de uma possível restauração da igreja de Sena, que um dia já foi a Catedral e abrigou os primeiros Bispos do Acre.

Monsenhor Távora foi o fundador da Igreja. Era formado em Direito Canônico, em Roma.

Agora Paolino quer que a prefeitura doe a quadra em frente para ampliar o pátio católico. Conversei com o prefeito Nilson Areal, que garantiu que o espaço da quadra será incorporado ao patrimônio da igreja. A câmara também aprovou o pedido [proposta do vereador Juza].

video


Pe Paolino: 'Generosidade'


Padre Paolino fala da bondade do povo de Sena, a sua verdadeira cidade.


video
O senhor arraial

Padre Paolino está em Sena há 40 anos. Foi com ele que que começou a quermesse mais importante do Estado.

No mês de Maio são 31 dias de festa no pátio em frente à Igreja. 31 dia de arrail. Sena é o único lugar do mundo que a festa junina é feita em Maio.Tem de tudo: aviãozinho, galinha-cheia, prendas diversas...E o bingo!

Gravei no fim de semana três filmes com o Padre Paolino e outros - takes de 1 minuto no máximo - para que o mundo veja a tradição mais alegre de Sena. Ele fala do Arraial, da Igreja, e da confusão que envolveu a PM e o Exército, que acabou em morte em pleno arraial na década de 70.

video